Incidentes de segurança afetam 61% das empresas, mas só 33% têm contingência

Um novo relatório da emprsa de segurança online ESET revela que 60% das empresas da América Latina afirmam ter sofrido pelo menos um incidente no último ano, em que a infecção por malware é o tipo mais frequente. Em outras palavras, 1 em cada 3 empresas foi infectada com código malicioso, incluindo ransomware.

Os dados revelam que, em média, apenas 33% das organizações inquiridas têm um plano de continuidade de negócios, sendo em alguns países uma realidade para apenas 16% das empresas. Por outro lado, 39% das organizações não possuem políticas de segurança e apenas 28% classificam suas informações.

Ainda segundo o ESET Security Report, embora em média, 61% das empresas da região afirmem ter uma política de segurança, em alguns países, como o México, esse número chega a 51% das organizações, ou seja, somente 1 em cada 2 empresas implementou esta prática.

O levantamento é resultado de mais de 3.900 pesquisas de profissionais de segurança de empresas de diversos portes, em 14 países da América Latina. O relatório resume quais são os incidentes de segurança mais recorrentes, quais os controles que implementam para proteger seus ativos e quais são as principais preocupações que as empresas da região têm em termos de segurança da informação.

Fonte:  Redação Convergência Digital

Contate-nos

Envie-nos sua dúvida, crítica ou sugestão. Responderemos o mais rápido possível.

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt